quinta-feira, 24 de junho de 2010 | By: Beatriz Santos Gonçalves

Meu amigo, meu amor... Eterno...

"Tu, tão somente tu
Que comigo estiveste em momentos que não lembrava
Que estiveste tão presente, e que eu sequer sonhava
Que viste-lhe tantas vezes sem que fosse vista
Que viste-me sorrir, ou mesmo sonhar
Que a vida deste um jeito de nos apresentar...

Tu, tão somente tu
Que ganhaste-me no primeiro instante que contigo falei
Que em tão pouco tempo tornas-te até mais do que sonhei
Que foste o meu melhor amigo amigo no momento em que mais precisei
Que já fizeste-me tantas vezes sorrir, e algumas chorar
Que me fizeste entender o entender o valor que se tem em sonhar...

Tu, tão somente tu
Que aparesceste num dos momentos em que mais sofri
Que fizeste crescer em mim algo mais forte do que já senti
Que trouxeste à tona o que de melhor em mim, novamente
Que és em minha vida o meu maior presente
Que me fazes sentir tão completa, plena e contente...

Tu, tão somente tu...
Que foste, que és, e serás...
Meu amigo, meu amor... Eterno..."
(Tu, tão somente tu - Beatriz Santos Gonçalves)


Este certamente é o meu texto mais recente.. =)
Dedico à pessoa que mais tem feito a minha vida feliz, que me ouve, me consola, me entende (ou finge muito bem entender ;p)...

No momento é só pessoal,
Não estou com cabeça para escrever muita coisa,
Ontem falesceu uma amiga minha que muito tempo, eu a conhescia à 13 anos.. E ainda não me recuperei muito bem do choque da notícia..
Creio que trago algo mais hoje, mas vou deixar meus pensamentos acalmarem mais um pouco..

Beijocas pessoal,
Fui-me! _o/
segunda-feira, 21 de junho de 2010 | By: Beatriz Santos Gonçalves

Sou boneca, sou palhaça, ponto de interrogação.

"Se água nos olhos do palhaço molha
Menina dos olhos abandonada

Boneca de pano, de pena, chora.. pano
Água nos olhos da gente escorre

Corre beirando boca, ribeirão
Dorme junto ao coração
Faz do peito cachoeira

Leva, lavando, me deixando leve
Que a certeza não escorregue
Feito pedra de sabão

Bola, vidro, janela, bronca, tapa
Dias e dias sem televisão
Fecho porta pra não escutar briga
E, também, pra briga não escutar minha canção

Que faço distraindo a vida
Vou traindo minha sina
Distraindo decisão
Falo coisas que as vezes não faço
Sou boneca, sou palhaço, ponto de interrogação

Todo ser seria
Todo rio riria
Toda flor folia
Abajour pra escuridão

Toda brincadeira começa com alegria
Mas o sino do almoço troca o riso por feijão

Todo ser seria
Todo rio riria
Toda flor folia
Abajour pra escuridão

Toda brincadeira começa com alegria
Mas o sino do almoço troca o riso por feijão

Quero mais careta no retrato
Quero mais folia no meu quarto
Quero mais careta no retrato
Quero mais folia no meu quarto"
(O teatro mágico - Folia no meu quarto)


Cara que vergonha que eu tô...
Tenho tido semanas tão apertadas que nem consigo mais postar aqui, larguei meu cantinho abandonado.. =/

Realmente essa semana pós-uerj eu achei que seria mais tranquila, mas não foi.. =/
Tudo bem, agora eu vou poder dar uma respirada, e nisso aproveito pra publicar o que eu deixei separado.. Incluindo texto que eu escrevi por esses dias, e até mesmo uns mais antigos meu =)

Espero que tenham gostado da música, é uma das minhas favoritas do 'Teatro Mágico'!

Beijocas pessoal,
Não vou prometer mais nada pra hoje, se der eu publico..
Ah sim, o resultado da uerj?
Depois de 3 notas 42 seguidas, enfim saiu o meu tão sonhado A! =D
Fui-me!_o/