quinta-feira, 1 de julho de 2010 | By: Beatriz Santos Gonçalves

...e como toda primavera traz a chuva e a beleza do perfume das rosas e lírios, descongela e lava todas as marcas que o frio inverno deixou.

"Nunca pensei que poderia me sentir assim, em um êxtase tão grande que nem sei explicar.
Eu, que pouco sei sobre o amor.. Que mal sabia o que era amar, hoje sinto, tão forte em meu peito, emoções que desconheço, que nunca vivi e nem sei sequer falar..

Será isso o verdadeiro amor? Sinceramente, eu não sei. Mas é bom, e me faz bem... Como a brisa de um dia ensolarado, como o doce perfume de uma e delicada rosa, como o mais singelo brilho do luar, como a vivacidade de teus olhos ou o toque dos lábios teus...

A verdade? Eu trazia um coração congelado, por medo, por tantas marcas que a vida me deu. Um coração magoado e cansado de tanto chorar.

Eu vivia em um inverno constante. Sob neve e folhas secas. Mas tu chegaste, trazendo-me o sol e a brisa mansa de verão, e como toda primavera traz a chuva e a beleza do perfume das rosas e lírios, descongela e lava todas as marcas que o frio inverno deixou.

Assim, como mudam as estações, eu também mudei, cresci. E hoje “desabrocho” para um novo viver.
Viver a vida, ah... Uma vontade que a muito eu não sentia... E como um autor que escreve sobre a própria vida, dei-me outra chance. Um novo capítulo. Escrever sobre coisas novas, vivíssimas, integralmente desconhecidas.

Três palavras, sete letras. Nunca acreditei em sua força, tão pouco em sua veracidade. Mas assim como ao meu coração, você mudou isso, e é contigo que quero escrever essa nova caminhada. Porque sei que juntos podemos superar todos os obstáculos, todas as distâncias. Não importa o que aconteça...
...Eu te amo...”
(Beatriz Santos Gonçalves - Estações, flores e caminhada)


E é com esse texto que eu chego ao meu 100º post.
É um texto especial, me veio a cabeça do nada durante a tarde, e confesso que chorei um bocado enquanto o escrevia.
São palavras que simplesmente não consegui impedir que saíssem de minha alma.

Hoje realmente posso dizer que o coração falou por mim... Realmente não consegui cá-lo... Por isso a tamanha importância, e por isso ele é tão especial..

Espero sinceramente que tenham gostado.. Pois foi um dos meus textos mais sinceros que já escrevi..

Por hoje é só, publiquei bastante coisa... ;x
Beijocas!
Fui-me!_o/

Continuei a correr incessantemente, mas era como se estivesse indo em direção á coisa que me perseguia.

"Eu estava cansado de correr. Parecia inútil fugir daquela sombra que me perseguia. Quanto mais eu corria, mais próxima ela parecia estar. O som que fazia me lembrava coisas que eu queria esquecer. Um som de prantos e de desespero. Mas será que...?
Continuei a correr incessantemente, mas era como se estivesse indo em direção á coisa que me perseguia. Eu tentei olhar para trás, e ver o que era, mas só consegui ver uma grande sombra negra que ia destruindo tudo onde passava. Assim como eu fiz. As muitas vidas que destruí, os muitos sorrisos que apaguei... as muitas almas que tirei. E aquela coisa tentava tirar a minha vida. Mas porquê? Seria um anjo, um demônio, uma maldição?
Tropecei em uma das grandes raízes que saíam do chão da floresta e acabei caindo. A criatura chegou ainda mais perto, mas mesmo assim, não consegui ver sua forma. Apenas uma sombra. Não havia lua para iluminá-la e eu sabia que eu não deveria esperar por luz alguma. A floresta estava tomada pela escuridão e pelo medo. Aquele cheiro pútreo, invadindo minhas narinas, me reconfortou e isso me deu mais medo. Consegui me levantar e corri ainda mais. Mas eu já não aguentava...
Quando avistei a clareira a minha frente, não aguentava mais correr, e em segundos a sombra me alcançou... Tentei olhar a sombra, mas ela estava escondida nas sombras das árvores. Fechei os olhos e esperei que ela me alcançasse... e não demorou... Enquanto sentia meu corpo ser devorado abri meus olhos e demorei a enteder o que estava acontecendo. A criatura que vi não era como eu esperava, era pior e mais terrível. Ela tinha a minha forma. Fechei meus olhos, e esperei a morte chegar.
Quando abri novamente, eu estava deitado na floresta, e uma grande sombra me perseguia..."
(Raphael Perez - A Sombra)


Mais texto de um grande amigo meu!
Já que eu tirei o dia para publicar textos de amigos, aproveito esse post para divulgar o blog dele: http://fimdesemananacama.blogspot.com/
Eu gostei MUITO desse conto, apesar do cabecinha de vento esquecer de atualizar BEM o blog! rsrsrsrsrs

Valeu galera, mas por enquanto é só!
O próximo post será MUITO especial, principalmente pra mim já que será o meu 100º post! \o/
Beijocas!
Fui-me!_o/

Arrisque um sorriso e imagine que pode ser para sempre.

"Destinos que se cruzam por tantas coisas a dizer,
Se na lembrança ficará isso eu não posso saber.
Entre lágrimas e sorrisos por um bem querer,
Destinos que se cruzam por um caminho a percorrer
Por maior que seja a distância, nunca mais vou te esquecer...
Arrisque um sorriso e imagine que pode ser para sempre.
Olhe para os lados e veja que você não está só,
Carregue na mente que a vida pode ser bela,
E vale pela esperança de encontrar o que está perdido,
E aquilo que procuramos, sem saber bem o que é,
Mas que sempre estaremos tentando, pois viver apenas por viver,
Não tem graça nenhuma sem você... "
(Destinos - Autor Desconhecido)

Y me cayó tu beso entre los labios, como un fruto maduro de la selva o un lavado guijarro del arroyo.

"Tu beso fue en mis labios
de un dulzor refrescante.
Sensación de agua viva y moras negras
me dio tu boca amante.

Cansada me acosté sobre los pastos
con tu brazo tendido, por apoyo.
Y me cayó tu beso entre los labios,
como un fruto maduro de la selva
o un lavado guijarro del arroyo.

Tengo sed otra vez, amado mío.
Dame tu beso fresco tal como una
piedrezuela del río."
(La Sed - Juana de Ibarbourou)


Tradução e retirada do texto original: http://docedeclinio.wordpress.com/2010/06/16/la-sed/
Achei esse texto num blog de um amigo, que por sinal eu indico para que visitem..
E gostei muito do texto.
Daqui a pouco eu volto com o último dos 3 selecionados, e um que eu acabei de escrever ;x

Beijocs pessoal!
Fui-me!_o/

A arte na boca é fundamental para que funcione como um artifício de hipnotizar, marcado como um parágrafo, o sorriso.

"Sórdidas e envolventes no olhar. No beijo. No toque. A pele que se arrepia e o cheiro que exala. Doces. Figuras e símbolos. Marcas. Levantam e derrubam a todo momento. Passam e se deixam levar. Quando se deixam: amam e sofrem. Quando não: matam e riem.
Pintam-se os rostos como verdadeiras artistas que são. Na face, fazem desaparecer as marcas de expressão. Preocupam-se principalmente com os olhos, como se para incitar a quem queira mergulhar em teu abismo. A arte na boca é fundamental para que funcione como um artifício de hipnotizar, marcado como um parágrafo, o sorriso.
Em seus panos de suave seda, fazem modelar seus corpos. E brilhar sob luzes e olhares de todos. De tolos. Retratadas por Vénus de Milo representando o amor proposto.
Palpita-me forte o coração, como se quisesse sair pela boca e fugir do que mais temo, e que mais quero. Este nó que parece-me indesatável procede em cabeça e peito simultaneamente. Apertado que por vezes me escorrem águas dos olhos, aliviando a tensão.
Não procura mais a ingenuidade. Aceita e te envolva."
(Thiago Sabb - Elas)


Olha, a cada dia que passa o meu amigo me surpreende!
Sim, hoje eu tirei o dia para divulgar coisas de artista 'desconhecidos', toda a forma de arte, seja músical, textual, visual... Vale à pena ser divulgada!

Sim, esse é um dos 3 textos que fiquei devendo, e espero sinceramente que tenham gostado desta singela homenagem às mulheres feita pelo Sabb.

No momento é só, mais tarde eu trago mais coisas..
Beijocas!
Fui-me!_o/

Quero colecionar os seus sorrisos... Secar todas as suas lágrimas...

"Eu quero estar ao seu lado
Nas suas maiores conquistas
Chorar com você suas piores derrotas
E te dar prazer nos momentos de amor.

Quero acompanhar com você
As mudanças das estações
A dos nossos corpos
Mas não quero que aconteça uma mudança em nossos corações.

Eu quero estar ao seu lado,
Simplismente para te amar.
Aprender com suas qualidades e imperfeições
E que você aprenda com as minhas também.

Quero colecionar os seus sorrisos.
Secar todas as suas lágrimas.
Viver novas memórias
E reciclar as antigas.

Eu quero que você tenha orgulho de me ter ao seu lado.
Eu quero te dar minha vida,
Minha alma
E meu coração."
(Minhas Vontades - Fernanda Benassuly)


Na boa, eu simplesmente amei o texto da minha grande amiga Fê!
E já que ela enviou para o e-mail do blog, não pude deixar de publicá-lo!

Nós temos muitas compatibilidades, assim como ela, eu também acho que os meus textos ficaram melhores em momentos de tristeza. Mas esse está absolutamente 'mara'!

Fê, eu adorei a estilo da sua escrita, tendo mais coisa pode mandar com certeza!
Como eu já escrevi antes, e repito sempre: Possuindo algum texto bom, interessante, diferente, envie pro e-mail: oincrivelmundodabia@gmail.com . TODOS serão lidos, e os devidos créditos serão dados.

Como aconteceu com um texto da Lispector, que não era dela, o autor foi mudado.
E agora recentemente com um texto do Drummond também aconteceu a mesma coisa, o título do post é 'Calçar um velho chinelo... Sentar numa velha poltrona... Tocar violão para alguém..' e o nome do Texto é 'Desejos'. Ele foi publicado no dia 01/03/2010, e peço à todos, Por Favor, conhecendo o verdadeiro autor dele me avise, para que eu possa corrigir e mandar uma notificação ao site de onde o tirei.

Agradeço profundamente aos textos enviados, e as notificações também!
Comecei o blog como uma terapia, e dia 30/10 fará 1 ano que estamos no ar!

Hoje mais do que nunca, além de ser o meu lugar para expressar tudo o que me alegra, angustia, e me exalta, também passou a ser um 'cantinho' para divulgar tanto autores desconhecidos, quanto exaltar aos grandes nomes da literatura mundial, e principalmente brasileira.

Eu sei que estou devendo 3 textos de domingo, ainda não me esqueci.. Irei publicá-los todos ainda hoje!

Obrigada mais uma vez à todos,
Por enquanto é só!
Beijocas pessoal!
Fui-me! _o/
domingo, 27 de junho de 2010 | By: Beatriz Santos Gonçalves

Porque a poesia purifica a alma...

"Nunca ninguém sabe se estou louco para rir ou para chorar
Pois o meu verso tem essa quase imperceptível tremor...
A vida é louca, o mundo é triste:
vale a pena matar-se por isso?
Nem por ninguém!
Só se deve morrer de puro amor!"
(Nunca ninguém sabe - Mário Quintana)


"Se eu fosse um padre, eu, nos meus sermões,
não falaria em Deus nem no Pecado
— muito menos no Anjo Rebelado
e os encantos das suas seduções,

não citaria santos e profetas:
nada das suas celestiais promessas
ou das suas terríveis maldições...
Se eu fosse um padre eu citaria os poetas,

Rezaria seus versos, os mais belos,
desses que desde a infância me embalaram
e quem me dera que alguns fossem meus!

Porque a poesia purifica a alma
...e um belo poema — ainda que de Deus se aparte —
um belo poema sempre leva a Deus!"
(Mário Quintana)


Dois textos do meu querido Mário..
Mário? que mário?
er... desculpe-me o devaneio.. ;x

Enfim, com quase 100 textos publicados não acreditei que ainda tinha publicado algo do quintana =)
Gosto dos textos dele, pela simplicidade das palavras e pelos bons e agradáveis versos!

Como eu disse vou trazer mais coisa hoje, pelo menos mais 3 publicações =)
Mas no momento é só pessoal!
Beijocas à todos, agradeço à todos os que estão seguindo o blog, e as indicações feitas pelos meus amigos.
Como eu já pedi antes, continue mandando textos pro oincrivelmundodabia@gmail.com todos são lidos e extremamente bem-vindos! =)

Fui-me!_o/

Os opostos se distraem, os dispostos se atraem...

"Será que a sorte virá num realejo?
Trazendo o pão da manhã
A faca e o queijo
Ou talvez... um beijo teu

Que me empreste a alegria... que me faça juntar
Todo resto do dia... meu café, meu jantar
Meu mundo inteiro...
que é tão fácil de enxergar... E chegar

Nenhum medo que possa enfrentar
Nem segredo que possa contar

Enquanto é tão cedo
Tão cedo

Enquanto for... um berço meu
Enquanto for... um terço meu
Serás vida... bem vinda
Serás viva... bem viva
Em mim

Será que a noite vira num vilarejo
vejo a ponte que levara o que desejo
admiro o que há de lindo e o que há de ser... você

Enquanto for... um berço meu
Enquanto for... um terço meu
Serás vida... bem vinda
Serás viva... bem viva
Em mim

"Os opostos se distraem
Os dispostos se atraem""
(O Teatro Mágico - Realejo)


Mais uma do 'O Teatro Mágico', eu amo essa banda, eu amo essa música..
O melhor dessa banda é a boa e doce melodia agradável, e claro, letras belíssimas.. =)

Tenho estado meio ausente, eu sei..
Copa, notícias ruins pela semana, notícias muito ruins pela semana, notícias muito boas pela semana... É, foi uma semana bem estranha ^^'
Mas trago mais coisas hoje, 3-4 textos até..
Bom, é domingo, e vamos confessar... Tirando o futebol, a tv aberta não tem nada que preste! Então, vou aproveitar o tempo o vago e postar coisas de qualidade aqui.. Tõ separando um trecho de um livro muito, daqui a pouco eu publico.. =)

Beijocas pessoal, depois do jogo eu volto ;x
Fui-me!_o/