quinta-feira, 1 de julho de 2010 | By: Beatriz Santos Gonçalves

A arte na boca é fundamental para que funcione como um artifício de hipnotizar, marcado como um parágrafo, o sorriso.

"Sórdidas e envolventes no olhar. No beijo. No toque. A pele que se arrepia e o cheiro que exala. Doces. Figuras e símbolos. Marcas. Levantam e derrubam a todo momento. Passam e se deixam levar. Quando se deixam: amam e sofrem. Quando não: matam e riem.
Pintam-se os rostos como verdadeiras artistas que são. Na face, fazem desaparecer as marcas de expressão. Preocupam-se principalmente com os olhos, como se para incitar a quem queira mergulhar em teu abismo. A arte na boca é fundamental para que funcione como um artifício de hipnotizar, marcado como um parágrafo, o sorriso.
Em seus panos de suave seda, fazem modelar seus corpos. E brilhar sob luzes e olhares de todos. De tolos. Retratadas por Vénus de Milo representando o amor proposto.
Palpita-me forte o coração, como se quisesse sair pela boca e fugir do que mais temo, e que mais quero. Este nó que parece-me indesatável procede em cabeça e peito simultaneamente. Apertado que por vezes me escorrem águas dos olhos, aliviando a tensão.
Não procura mais a ingenuidade. Aceita e te envolva."
(Thiago Sabb - Elas)


Olha, a cada dia que passa o meu amigo me surpreende!
Sim, hoje eu tirei o dia para divulgar coisas de artista 'desconhecidos', toda a forma de arte, seja músical, textual, visual... Vale à pena ser divulgada!

Sim, esse é um dos 3 textos que fiquei devendo, e espero sinceramente que tenham gostado desta singela homenagem às mulheres feita pelo Sabb.

No momento é só, mais tarde eu trago mais coisas..
Beijocas!
Fui-me!_o/

1 comentários:

Alexandre P. Silva disse...

Eu também gostei desse texto.
Esse ele superou e muito, um outro o qual você havia publicado aqui.
Parabéns para ele... e para você também.
Até mais. :D

Postar um comentário