quarta-feira, 5 de maio de 2010 | By: Beatriz Santos Gonçalves

Nem tudo é fácil na vida...Mas, com certeza, nada é impossível..

"É difícil fazer alguém feliz, assim como é fácil fazer triste.
É difícil dizer eu te amo, assim como é fácil não dizer nada
É difícil valorizar um amor, assim como é fácil perdê-lo para sempre.
É difícil agradecer pelo dia de hoje, assim como é fácil viver mais um dia.
É difícil enxergar o que a vida traz de bom, assim como é fácil fechar os olhos e atravessar a rua.
É difícil se convencer de que se é feliz, assim como é fácil achar que sempre falta algo.
É difícil fazer alguém sorrir, assim como é fácil fazer chorar.
É difícil colocar-se no lugar de alguém, assim como é fácil olhar para o próprio umbigo.
Se você errou, peça desculpas...
É difícil pedir perdão? Mas quem disse que é fácil ser perdoado?
Se alguém errou com você, perdoa-o...
É difícil perdoar? Mas quem disse que é fácil se arrepender?
Se você sente algo, diga...
É difícil se abrir? Mas quem disse que é fácil encontrar
alguém que queira escutar?
Se alguém reclama de você, ouça...
É difícil ouvir certas coisas? Mas quem disse que é fácil ouvir você?
Se alguém te ama, ame-o...
É difícil entregar-se? Mas quem disse que é fácil ser feliz?
Nem tudo é fácil na vida...Mas, com certeza, nada é impossível
Precisamos acreditar, ter fé e lutar
para que não apenas sonhemos, Mas também tornemos todos esses desejos,
realidade!!!"

(Nem tudo é fácil - Cecília Meireles)


Atendendo ao pedido do Alexandre, trazendo no momento um texto da Cecília..
Obrigada Alê pro me lembrar, tava me esquecendo desta grande autora, e espero que tenha gostado da escolha! ^^

Tenho mais dois textos dela para publicar hoje, então eu volto mais tarde quando eu acabar as minhas listas do pré! ^^'
Beijocas pessoal!
Fui-me!_o/
terça-feira, 4 de maio de 2010 | By: Beatriz Santos Gonçalves

A dor é inevitável, o sofrimento opcional...

"Definitivo, como tudo o que é simples.
Nossa dor não advém das coisas vividas,
mas das coisas que foram sonhadas e não se cumpriram.

Sofremos por quê? Porque automaticamente esquecemos
o que foi desfrutado e passamos a sofrer pelas nossas projeções
irrealizadas, por todas as cidades que gostaríamos de ter conhecido ao lado
do nosso amor e não conhecemos, por todos os filhos que gostaríamos de ter
tido junto e não tivemos,por todos os shows e livros e silêncios que
gostaríamos de ter compartilhado,
e não compartilhamos.
Por todos os beijos cancelados, pela eternidade.

Sofremos não porque nosso trabalho é desgastante e paga pouco, mas por todas
as horas livres que deixamos de ter para ir ao cinema, para conversar com um
amigo, para nadar, para namorar.

Sofremos não porque nossa mãe é impaciente conosco, mas por todos os
momentos em que poderíamos estar confidenciando a ela nossas mais profundas
angústias se ela estivesse interessada em nos compreender.

Sofremos não porque nosso time perdeu, mas pela euforia sufocada.

Sofremos não porque envelhecemos, mas porque o futuro está sendo
confiscado de nós, impedindo assim que mil aventuras nos aconteçam,
todas aquelas com as quais sonhamos e nunca chegamos a experimentar.

Por que sofremos tanto por amor?
O certo seria a gente não sofrer, apenas agradecer por termos conhecido uma
pessoa tão bacana, que gerou em nós um sentimento intenso e que nos fez
companhia por um tempo razoável,um tempo feliz.

Como aliviar a dor do que não foi vivido? A resposta é simples como um
verso:

Se iludindo menos e vivendo mais!!!
A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida
está no amor que não damos, nas forças que não usamos,
na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do
sofrimento,perdemos também a felicidade.

A dor é inevitável.
O sofrimento é opcional..."
(Carlos Drummond de Andrade - Definitivo)



Ahh Drummond, meu adorado conterrâneo x3
Gosto muito desses textos, demasiados realistas e reflexivos até...
Mas Drummond, é sempre Drummond..
E acima de tudo um grande escritor!

No momento é só, estou cansada..
E amanhã vai ser um dia longo..
Mas acredito que eu publico algum textinho amanhã.. ^^

Beijocas pessoal!
Boa Noite aos que continuam por aqui!
Fui-me!_o/

Que eu mantenha meu equilíbrio, mesmo sabendo que muitas coisas que vejo no mundo escurecem meus olhos...

"Que eu continue com vontade de viver,
mesmo sabendo que a vida é,em muitos momentos,
uma lição difícil de ser aprendida.
Que eu permaneçacom vontade de ter grandes amigos,
mesmo sabendo que,com as voltas do mundo,
eles vão indo embora de nossas vidas.
Que eu realimente sempre a vontade de ajudar as pessoas,
mesmo sabendo que muitas delas são incapazes dever,
sentir,entender ou utilizar essa ajuda.
Que eu mantenha meu equilíbrio,
mesmo sabendo que muitas coisas que vejo no mundo
escurecem meus olhos.
Que eu realimente a minha garra,
mesmo sabendo que a derrota e a perdasão ingredientes
tão fortes quantoo sucesso e a alegria.
Que eu atenda sempre mais à minha intuição,
que sinaliza o que de mais autêntico eu possuo.
Que eu pratique mais o sentimento de justiça,
mesmo em meio à turbulência dos interesses.
Que eu manifeste amor por minha família,
mesmo sabendo que ela muitas vezes
me exige muito para manter sua harmonia.
E,acima de tudo...
Que eu lembre sempre que todos nós
fazemos parte dessa maravilhosa teia chamada vida,
criada por alguém bem superior a todos nós!
E que as grandes mudanças não ocorrem por grandes feitos
de alguns e,sim,nas pequenas parcelas cotidianas
de todos nós!"
(Chico Xavier)


Gente, desculpe a demora para publicar esse texto, prometi pra domingo de manhã e acabei me enrolando toda.. =/
No momento eu não vou escrever muita coisa, estou preparando matérial para a minha primeira aula (yes! 1# job! \o/) então tenho que me concentrar aqui..
Mas eu ainda publico pelo menos mais uma coisinha hoje!

Beijocas pessoal!
fui-me!_o/
domingo, 2 de maio de 2010 | By: Beatriz Santos Gonçalves

Porém, se esta canção nos toca o coração o amor brota melhor e antes..

"Qualquer canção de amor
É uma canção de amor
Não faz brotar amor e amantes
Porém, se esta canção
Nos toca o coração
O amor brota melhor e antes

Qualquer canção de dor
Não basta a um sofredor
Nem cerze um coração rasgado
Porém ainda é melhor
Sofrer em dó menor
Do que você sofrer calado.

Qualquer canção de bem
Algum mistério tem
É o grão, é o germe, é o gen da chama
E essa canção também
Corrói, como convém,
O coração de quem não ama."
(Chico Burque - Qualquer Canção)


Antes que eu durma, eis o texto que eu fiquei devendo..
Encontrei enquanto terminava a lista de literatura pra UERJ e por ser um cantor/compositor que eu admiro (ainda mais por uma certa música dele...) vale à pena publicar, e fora que é um texto agradabilíssimo...

Enfim pessoal, por hoje é só.. Mas na hora que acordar eu publico um texto (sim, vou começar super cedo nesse domingo) já tenho um texto sensacional pra publicar, mas o sono não me permite postá-lo agora.. ;x

Beijos à todos, e boa noite! ^^
Fui-me!_o/