sexta-feira, 22 de outubro de 2010 | By: Beatriz Santos Gonçalves

Aqui somos todos iguais...

"Silêncio absoluto
sem vozes nem discursos
enfim a democracia
aqui somos todos iguais...

Anjos, cruzes, estrelas
de davi, luas e minaretes
o Sol se põe na colina
não faz diferença
pois aqui jaz a solidão...

No portal da cidade
lê-se que os que aqui estão
por vós esperam...

Não somos mais os homens
que tristes morrem todos os dias
estamos um passo Além...

Sem rimas nem canções
vozes embargadas & porres
apenas cruzes, estrelas
de davi e minaretes...

Todos inúteis como o Sol
que se alevanta radiante
no horizonte desta cidade...

Aqui não nos incomodamos mais
com a efêmera aparência
pois aFINAL & enFIM aqui
estamos todos magros..."

(Necrópolis - Carlos Estevez)


Texto do meu professor de literatura e hoje um grande amigo.
Sinceramente? Não vejo o que comentar sobr eo texto, deixo que ele mesmo se fale...

Até qualquer dia!
Fui-me!_o/

0 comentários:

Postar um comentário