quinta-feira, 5 de agosto de 2010 | By: Beatriz Santos Gonçalves

Quero sentir em seus lábios a mesma felicidade que sinto quando a chuva toca aos meus.

"Gosto da chuva, de estar nela, de senti-la caíndo em cada parte do meu corpo.
Me sinto viva, nova.
É como se a água lavasse as minhas dores, limpasse meu corpo de toda dúvida e culpa.
A cada gota que escorre pelo meu corpo, liberta meu peito, sinto-me inteiramente livre. Quando tóca-me aos lábios, sorrio, a felicidade instantânea instala-se em mim.
Quero senti-lo nessa chuva, essa liberdade diferente que me passa. Senti-lo em meu abraço enquanto as gotas molham aos nossos corpos, libertando a nossa alma.
Quero sentir em seus lábios a mesma felicidade que sinto quando a chuva toca aos meus.
Quero ficar assim. Eu, você e a chuva..."

(Na chuva - Beatriz Santos Gonçalves)

Bom, texto prometido publicado!
Espero que tenham gostado, amanhã eu publico o outro...
Acho que trago algum outro hoje, não sei.
Tudo vai depender de quando eu vou terminar os meus estudos...

Enfim,
Beijocas povo!
Fui-me!_o/

2 comentários:

Matheus Seixas disse...

"Lá fora está chovendo mas assim mesmo eu vou correndo só pra ver.. o meu amor..
(...)
Que maravilha que coisa linda que é o meu amor..
(...)
Ela vem chegando de branco, meiga, linda, e muito tímida.. com a chuva molhando seu corpo que eu vou abraçar.. e a gente no meio da rua, do mundo no meio da chuva.. a girar.."

Te amo meu amor..
Bjs

Victor disse...

Maravilhoso ^^ a chuva é libertadora...

Bjssssssssssssssss^^

PS:É a Fefe XDDDDDDDDDD

Postar um comentário