sexta-feira, 30 de julho de 2010 | By: Beatriz Santos Gonçalves

Isso o tempo apagará também.

"Infernos. Mistérios. Impérios.
Verdade. Coragem. A imagem
Que vejo no espelho da alma,
Assim como a dor, que corta minh’alma e ao peito...
Isso o tempo vai apagar também.

Alegrias. Nostalgias. Dia-a-dias.
Lembranças. Cobranças. As Vinganças
Que vejo mundo da realidade,
Assim como o sonho, que acalenta minh’alma e ao peito...
Isso o tempo apagará também.

Assim como o medo.
O desespero. A tempestade.
A unidade. Todo o dia.
Os meus espinhos, e o frio que eu sinto.
Isso o tempo irá mudar também."
(O tempo - Beatriz Santos Gonçalves)


Escrevi esse texto hoje...
Pensando em tudo o que eu passei ontem..

Depois de pronto cheguei a pensar em não publicá-lo.. Mas como disse Carlos Estevez, 'a tristeza faz parte da vida, logo da poesia também'..

Acredito que por hoje seja só.. Mas escrevendo mais algo, ou achando algum texto bacana por aí eu publico aqui!
Beijocas pessoal!
Fui-me! _o/

2 comentários:

Matheus Seixas disse...

Eu sou o sol..
Estou aqui para você não sentir frio..
Nunca diga que não vale a pena acreditar nos sonhos que se tem..
Nunca os abandone meu amor..
Eles são o pavio da nossa bomba... se eles se forem, o pavio acabou..
Sonhe, pois eu sonho todo dia contigo..
Te amo mt..
Bjs.

Carlos disse...

Garota esperta.Aprendeu a lição do velho Estevez. "Melancolia, estende as tuas asas / És a árvore em que devo relinar-me / E, se por um acaso, um dia, o prazer vier procurar-me / Diga a este monstro que fugi de casa! (Augusto dos Anjos) ;)

Postar um comentário