sábado, 29 de maio de 2010 | By: Beatriz Santos Gonçalves

...O que sou vale mais do que o meu canto...

"Responder a perguntas não respondo.
Perguntas impossíveis não pergunto.
Só do que sei de mim aos outros conto:
de mim, atravessada pelo mundo.

Toda a minha experiência, o meu estudo,
sou eu mesma que, em solidão paciente,
recolho do que em mim observo e escuto
muda lição, que ninguém mais entende.

O que sou vale mais do que o meu canto.
Apenas em linguagem vou dizendo
caminhos invisíveis por onde ando.

Tudo é secreto e de remoto exemplo.
Todos ouvimos, longe, o apelo do Anjo.
E todos somos pura flor de vento."
(Soneto Antigo - Cecília Meireles)


Eis aqui o outro texto prometido! =D
Achei tão agradável a leitura, e ao mesmo tempo tão reflexiva que não pude deixar de trazê-lo!

Ofereço-o ao Alexandre, já que foi ele que me pediu pra trazer um texto da Cecília na primeira vez! =D

Por hoje é só pessoal, mas amanhã eu trago mais coisas, e achando o meu caderninho, um texto meu também! =D
Boa noite, e beijocas!
Fui-me!_o/

Ps: Continue trazendo sugestões, são super bem-vindas!
E-mail: oincrivelmundodabia@gmail.com!

1 comentários:

Alexandre P. Silva disse...

Obrigado, Bia! :-)

A Cecília sempre teve aquele ar poético lírico como ninguém. Como é bom passear pelas palavras por ela escrita.

"Responder a perguntas não respondo.
Perguntas impossíveis não pergunto."

Isso é a minha cara, eu acho. :D

Postar um comentário